Curso de Engenharia Civil firma parceria com empresas do ramo para a viabilização de estágios

O Curso de Engenharia Civil da UniAteneu, por exemplo, já firmou parceria com quase 60 empresas conveniadas visando a colocação profissional dos alunos.

 

 

O Centro Universitário Ateneu prioriza o ensino acadêmico de qualidade e colabora no processo de inserção dos estudantes no mercado de trabalho a partir das oportunidades de estágio. O Curso de Engenharia Civil, por exemplo, já firmou parceria com quase 60 empresas conveniadas visando a colocação profissional dos alunos para que já apliquem seus conhecimentos aprendidos em sala de aula e adquiram experiência atuando nos projetos destas empresas. “O estágio facilita a entrada no mercado de trabalho e garante que o aluno aprenda de maneira mais utilitária os campos de atuação da sua profissão”, afirmou o prof. Victor Hugo Ferreira, novo coordenador dos cursos de Engenharia Civil e Engenharia de Produção da UniAteneu.

Segundo ele, o campo da Engenharia Civil é bem complexo, pois as empresas buscam estagiários que tenham feito as disciplinas básicas (após o 5º semestre) e que tenham competências na área de Informática Aplicada (softwares gráficos e planilhas), capacidade de executar cálculos com maestria, senso de observação e priorize os detalhes. “Porém, está se destacando os estagiários que possuem habilidades interpessoais do engenheiro 4.0, que são: a) comunicação interpessoal; b) desenvolvimento de projetos na plataforma BIM; c) conhecimento sobre construções rápidas e materiais alternativos; d) e por fim, possuir uma visão analítica”, complementou.

A importância do estágio

O estágio é uma fase importante para o aperfeiçoamento da carreira de todo profissional. Mais do que ganhar a expertise e a experiência, o estágio proporciona para os estudantes de Engenharia Civil e de Engenharia de Produção a competência e o conhecimento e uma integração entre prática e a teoria desenvolvida em sala de aula. Com isso, proporcionado um contato direto com profissionais renomados do mercado de trabalho. “Além de todo o conhecimento repassado por essas pessoas, o estudante terá ótimas oportunidades de desenvolver contatos que poderão ser úteis futuramente. Os alunos devem aproveitar a oportunidade para mostrar serviço para pessoas que poderão contratá-los futuramente e proporcionar um bom emprego ao término da faculdade”, contextualizou o prof. Victor Hugo Ferreira. No processo do estágio, a coordenação do curso acompanha o desenvolvimento do aluno e auxilia na integração junto à empresa.

“A graduação em Engenharia Civil é um curso de longa duração, normalmente, de cinco anos. É importantíssimo que o aluno se forme já habilitado para os desafios desse novo cenário do mercado de trabalho. Para isso, a grade curricular do curso ofertado pela UniAteneu será alinhada a essas mudanças. Os cursos estão mudando para um modelo de ensino-aprendizagem com maior destaque na iniciativa dos estudantes para a busca e a aplicação de soluções na resolução de problemas de engenharia, substituindo, em parte, os processos de educação meramente passivos. E, ainda, faz um paralelo dessa questão com a capacidade de aplicação das inovações tecnológicas”, avaliou o coordenador. Na opinião do prof. Victor Hugo Ferreira, ao definir uma determinação da sua carreira, o aluno deverá aprofundar o seu conhecimento e manter-se atualizado por meio de cursos de pós-graduação.

O suporte do Núcleo de Apoio à Carreira

Essa formação continuada deverá acontecer, além das questões técnicas e também dos aspectos de gestão, que se tornam a cada dia mais cruciais para o exercício profissional do engenheiro. É neste aspecto que se insere o Núcleo de Apoio à Carreira (NAC), que é o elo entre os alunos e as empresas, ou seja, é um setor focado na empregabilidade. “O NAC, em parceria com as coordenações de curso, é responsável pelo convênio com as empresas, ou seja, pela busca de vagas de estágio, pensando sempre na qualidade dos campos para que os alunos tenham uma experiência marcante e que façam a diferença em sua formação. Elaboramos todos os documentos para formalização do estágio e também nos responsabilizamos pela inclusão dos alunos no seguro de vida”, explicou a coordenadora do NAC, Andreza Freitas.

Publicada: 10/03/2020 às 17h04min