Curso de Engenharia Civil da UniAteneu conquista nota máxima no CPC e fica entre os melhores do Brasil

A nota máxima da graduação fez o Curso de Engenharia Civil da UniAteneu ficar entre os três melhores do Ceará e os 18 melhores do Brasil.

 

 

A busca pela excelência na formação e na preparação do aluno para o mercado de trabalho é uma constante em todos os cursos de graduação do Centro Universitário Ateneu. A prova disto é a obtenção ao conceito máximo de referencial de qualidade de avaliação do Ministério da Educação (MEC) no que se refere ao Conceito Preliminar de Curso (CPC) de 2019 na graduação em Engenharia Civil. O curso conquistou a nota 5 no CPC, conforme publicação feita no dia 09 de dezembro pelo MEC. A nota máxima da graduação fez o Curso de Engenharia Civil da UniAteneu ficar entre os três melhores do Ceará e os 18 melhores do Brasil, sendo nove de instituições de ensino superior privadas.

Na avaliação, é atribuída uma nota de 1 a 5, onde quanto maior for a pontuação, mais alto é o nível de reconhecimento da qualidade do curso. O CPC leva em conta o desempenho dos alunos na graduação e na prova do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), o nível de formação acadêmica dos professores, o regime de trabalho dos docentes (se é de dedicação integral ou parcial) e a percepção dos estudantes sobre a qualidade do curso.

Dos mais de 8 mil cursos de graduação avaliados pelo MEC em 2019, apenas 2,5% receberam a nota máxima de qualidade. “É um importante reconhecimento para o Curso de Engenharia Civil, pois mostra como a UniAteneu foi bem no último resultado do Enade, que possui uma grade de docentes com titulação de mestres e doutores, possuiu acervos didático e pedagógicos e infraestrutura moderna nos seus laboratórios”, afirmou o prof. Victor Hugo Fernandes, coordenador do Curso de Engenharia Civil da UniAteneu.

Confira o resultado de outros cursos de graduação da UniAteneu avaliados no CPC:

Enfermagem (Unidade Lagoa de Messejana e Antônio Bezerra): CPC 4

Fisioterapia (Unidade Lagoa de Messejana e Antônio Bezerra): CPC 4

Publicada em 21/12/2020 às 14h25min