UniAteneu orienta os alunos quanto às medidas emergenciais no retorno das aulas presenciais

A UniAteneu definiu as medidas emergenciais em casos de suspeitas ou se o aluno apresentar sintomas do novo Coronavírus.

 

 

O Centro Universitário Ateneu aguarda a autorização das autoridades competentes para a retomada das aulas presenciais após a pandemia da Covid-19, que afetou a cidade de Fortaleza e o estado do Ceará desde março deste ano. Enquanto chega o momento do retorno dos alunos de todos os cursos nas unidades de ensino, previsto para o dia 17 de agosto, a UniAteneu definiu as medidas emergenciais em casos de suspeita ou se o aluno apresentar sintomas do novo Coronavírus, que constam no Protocolo Sanitário Institucional.

Veja o que diz o protocolo quanto às medidas emergenciais:

– Todas as unidades de ensino terão uma Sala de Acolhimento e Cuidados para análise básica de saúde e atendimento temporário imediato, caso necessário, de suspeitos ou com sintomas de Covid-19, onde constarão termômetro digital e oxímetro, com a presença de profissional devidamente apto e treinado que estará de sobreaviso.

– Acionamento direto com órgãos de saúde e segurança, em casos de urgência e emergência por meio dos responsáveis pelas unidades, que farão o contato através do 192, que funciona 24 horas por dia e está à disposição da sociedade para a prestação de orientações e envio de veículos tripulados por equipe capacitada.

– Criação do Comitê de Contingência em Saúde, composto pelo gerente da unidade, o coordenador de saúde e os representantes dos principais setores (SAC, Coordenação de Apoio ao Estudante, Biblioteca e Secretaria de Atendimento).

– Será reforçada a limpeza dos objetos, utensílios, móveis, superfícies, salas e áreas utilizadas pela pessoa com suspeita de Covid-19, assim como a Sala de Acolhimento e Cuidados temporário.

– Acompanhamento, pelo Comitê de Contingência em Saúde (CCS), ao aluno sobre as medidas de isolamento domiciliar até o resultado conclusivo da investigação do surto ou até completar o período de 14 dias de afastamento.

Publicada em 22/07/2020 às 17h30min